Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Servidores participam de oficina sobre metodologia do BID de gerenciamento de projetos

Publicação:

IMG 0217
Haroldo dos Santos Vieira (E) ministrou oficina de PM4R Ágil - Foto: Divulgação EDP

Servidores do Estado participaram, na última segunda-feira (22), de uma oficina sobre o método de gerenciamento de projetos PM4R Ágil (Gerenciamento de Projetos para Resultados, na sigla em inglês). Trata-se de uma metodologia desenvolvida pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e aplicada em iniciativas que contam com financiamento do banco.

Participaram mais de 30 técnicos do Escritório de Desenvolvimento de Projetos (EDP); da Secretaria de Governança e Gestão Estratégica; da Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão; da Companhia de Processamento de Dados do Estado (Procergs); e da Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (SJCDH). A oficina, organizada pelo EDP, foi ministrada voluntariamente pelo associado de operações do BID Haroldo dos Santos Vieira. Vieira é o responsável pela implantação desse conjunto de técnicas no Programa de Oportunidades e Direitos (POD), da SJCDH, desde o final de 2018.

O PM4R, explica Vieira, tem como característica buscar a aceleração dos processos de forma a antecipar as entregas. Foca em etapas que tradicionalmente durariam mais de 15 dias e atua de modo a encurtá-las. “Minha expectativa é contribuir para acelerar os processos. Sou apaixonado pelo tema da gestão de projetos e visualizo aqui a perspectiva de antecipar que os beneficiários recebam os serviços do Estado”, afirma Vieira.

Os servidores foram introduzidos à teoria da gestão ágil de projetos, realizaram o exercício de criticar um documento de Estrutura Analítica do Projeto (EAP) e participaram, divididos em três equipes, de uma dinâmica na qual deveriam construir um aquário.

Para o diretor-geral do EDP, Hiparcio Stoffel, essa aproximação com o BID e sua metodologia contribuem para o posicionamento da autarquia como centro de referência em desenvolvimento e gestão de projetos dentro do Governo do Estado – especialmente no momento atual, que é de planejamento estratégico para a gestão que vai até 2022. “O objetivo do EDP é adotar o PM4R, que é bastante ajustado à realidade da gestão pública, e disseminá-lo para outros órgãos, colaborando para o fortalecimento da cultura de gestão de projetos no serviço público”, sintetiza Stoffel.

EDP Escritório de Desenvolvimento do Projetos